Cuidado Centrado no Paciente e a melhoria da Experiência do Paciente

As diretrizes são importantes ferramentas para treinar e orientar profissionais em situações cotidianas e particulares, de forma geral. Contudo, é preciso ir além, de forma que os profissionais implementem o cuidado do paciente de maneira individual, valorizando suas necessidades e vontades, e adaptando a assistência de acordo com as suas respostas.

Nesse cenário, aparece o cuidado centrado no paciente, um modo de encarar a assistência como uma abordagem maleável por meio da troca de informação técnica do colaborador ao paciente e uma decisão compartilhada sobre o procedimento a ser adotado.

Um estudo publicado pelo National Institute for Health Research em outubro deste ano testou essa metodologia centrada no paciente em análises de multimorbilidade e continuidade do cuidado e notou os seguintes benefícios:

  1. Maior valorização do paciente frente ao cuidado;
  2. Aumento da satisfação dos pacientes;
  3. Aumento da comunicação e melhoria da qualidade da mesma entre pacientes e colaboradores;
  4. Melhoria dos resultados assistenciais;
  5. Melhoria da experiência do paciente.

 

Saiba mais em: 8 Princípios do Cuidado Centrado no Paciente, segundo o Institute of Medicine

 

Em relação à qualidade de vida e à carga da doença – taxa de ansiedade/depressão, quantidade de medicamentos prescritos, adesão aos medicamentos -, o trabalho não apontou mudanças e julga ter obtido tal resultado pelo curto tempo de avaliação (15 meses).

Contudo, os benefícios apontados acima já justificam por si só a importância em investir no cuidado centrado no paciente. Ao inseri-los em sua assistência, os pacientes se tornam mais engajados e proativos, colocando-se como um parceiro dos profissionais de saúde e não um mero usuário do serviço.

 

Garanta a sua inscrição na Black Friday do IBES! Cursos presenciais  e Cursos EAD com 40% de desconto…mas só nesta sexta-feira!!! Acesse e confira a programação: www.ibes.med.br (cursos presenciais) e bit.ly/bkibeskih (cursos on-line)


Neste episódio, Aléxia Costa comenta necessidade do cuidado centrado no paciente:

 

Referência:

National Institute for Health Research. Patient-centred care for multimorbidity improves patient experience, but quality of life is unchanged. Outubro de 2018.



Deixe uma resposta