Passaporte sanitário estimula vacinação e ajuda no combate a COVID-19

Passaporte sanitário estimula vacinação e ajuda no combate a COVID-19

Começou na última sexta-feira, 15 de outubro, a medida de segurança que obriga a apresentação do passaporte sanitário, comprovante de vacinação da Covid-19 para entrar em locais de uso coletivo nas cidades.

A comprovação deverá ser feita na apresentação das 2 doses ou dose única. Apenas com ela será possível acessar lugares fechados, como teatro, por exemplo.

Pesquisadores afirmam que com menos de 50% da população com esquema vacinal completo, é fundamental que o Brasil adote o passaporte vacinal como uma política pública de estímulo à vacinação e proteção coletiva.

Além de possibilitar viagens ao exterior, comprovar a vacinação tem se tornado rotina nas cidades brasileiras, que adotam diferentes modelos de passaporte sanitário. De acordo com levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), ao menos 249 municípios criaram regras do tipo, recorrendo, também, ao certificado do ConecteSUS, aplicativo do Ministério da Saúde. São Paulo, Rio de Janeiro e Florianópolis são algumas das capitais que condicionam acesso a shows, eventos, restaurantes, pontos turísticos e até hospedagem em hotéis, motivando a procura pelos postos de vacinação.

Leia também: Após 1 ano de caos sanitário, profissionais de saúde estão esgotados

Os dados mostram que, entre agosto e setembro houve uma redução média de 2% de casos e óbitos por dia. A média móvel de casos e mortes por Covid-19 no Brasil chegou ao número mais baixo desde janeiro deste ano. As quedas nas notificações, são reflexo das ações do Ministério da Saúde no combate à pandemia, principalmente da campanha de vacinação, que segue em ritmo acelerado.

A melhora no cenário epidemiológico do Brasil é consequência, principalmente, da vacinação contra a Covid-19. Até agora, mais de 101 milhões de pessoas já tomaram a primeira dose da vacina, o que representa mais de 63% dos 160 milhões de brasileiros acima de 18 anos.

O grupo IBES oferece uma certificação para ajudar  empresas a criar e manter um ambiente seguro para seus funcionários e clientes. A Certificação em Boas Práticas Preventivas para o Enfrentamento do Coronavírus possui o papel em garantir ambientes seguros para produção, operação e/ou atendimento ao público.

Clique aqui e saiba mais sobre a certificação COVID FREE

Fonte da imagem: Freepik

Fonte: Fio Cruz



Deixe uma resposta