Você já cadastrou a CCIH da sua organização na Anvisa?

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, por meio da Gerência de Vigilância e Monitoramento em Serviços de Saúde – GVIMS, coordena o sistema nacional de controle de infecção relacionada à assistência à saúde – IRAS e tem trabalhado juntamente com as Coordenações Estaduais/Distrital e municipais de Controle de Infecção Hospitalar e outros colaboradores, com muito empenho para que esse sistema seja aprimorado a cada ano.

Entretanto, para termos sucesso neste grande desafio, é muito importante que os serviços de saúde do país realizem a vigilância e a notificação das IRAS, mensalmente e com qualidade, para que possamos conhecer o contexto do nosso país e agir de forma orientada e mais efetiva.

Atualmente, a GVIMS/GGTES/Anvisa recebe a notificação mensal de dados de infecção e resistência microbiana de mais de 2200 hospitais (com leitos de UTI e cirúrgicos) e mais de 600 serviços de diálise. Apesar do número de notificações ter aumentado nos últimos anos, sabe-se que num universo de cerca de 6800 hospitais que o Brasil possui, ainda há muitos que não foram sensibilizados ou não entenderam a importância dessa vigilância e notificação.

Qualificação das ações de vigilância – Ainda com o propósito de reduzir danos aos pacientes, a Anvisa também desempenha o papel de coordenar nacionalmente o processo de qualificação das ações de vigilância sanitária para a segurança do paciente. Como uma estratégia-chave para a qualidade dos serviços de saúde, as informações sobre segurança do paciente devem ser constantemente utilizadas para a tomada de decisões que visem atender as necessidades e expectativas do sistema de saúde e da população.

Entre as ações da GVIMS/GGTES/Anvisa, destaca-se o monitoramento mensal dos eventos adversos associados à assistência à saúde notificados pelos Núcleos de Segurança do Paciente (NSP), dos serviços de saúde do país e a Avaliação nacional das Práticas de Segurança do Paciente, que é realizada anualmente para os serviços de saúde com leitos de UTI adulto.

Para realizar a notificação das IRAS e dos outros eventos adversos associados à assistência à saúde os serviços devem se cadastrar junto à Anvisa. As Comissões de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) devem realizar o seu cadastramento no seguinte link: Recadastramento das Comissões de Controle de Infecção Hospitalar – BRASIL – 2019.

Para saber mais detalhes a respeito do Recadastramento das Comissões de Controle de Infecção Hospitalar 2019, Acesse aqui o site da Agência.

Já os Núcleos de Segurança do Paciente devem realizar o cadastro no endereço portal.anvisa.gov.br/notivisa/cadastro.

Para mais informações sobre o Relatório da Avaliação nacional das práticas de segurança do paciente de 2018 e a notícia da Avaliação de 2019, acesse aqui o Relatório da Auto-avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente em Serviços de Saúde 2018 e o formulário nacional de autoavaliacao nacional das praticas de segurança do paciente em serviços de saúde 2018.

 

euprevinoinfeccao Materiais educativos orientam sobre prevenção e controle de infecções

A Anvisa tem publicado uma série de materiais educativos (manuais, guias, cadernos, folders, normas, nota técnicas, ferramentas, etc.) que foram elaborados em parceria com diversos colaboradores de todas as regiões do país. Esses materiais possuem orientações e recomendações para auxiliar os profissionais de saúde na execução das ações de prevenção e controle das IRAS e combate à Resistência Microbiana (RM), bem como nas ações para a promoção da segurança do paciente e melhoria da qualidade nos serviços de saúde.

Acesse os materiais disponibilizados gratuitamente no Hotsite de Segurança do Paciente da Anvisa:

Boletins nacionais

Manuais/Livros/Guias/Diretrizes

Materiais referentes à Higienização das Mãos

Cartazes em alta resolução

Relatórios dos Eventos Adversos

 

Capacitações EAD – A Anvisa, em parceria com o Hospital Moinhos de Vento de Porto Alegre (RS) por meio do Projeto PROADI/SUS, elaborou vários cursos EAD, que estão disponíveis para todos os profissionais interessados. Entre os cursos destacam-se:

  •  Boas práticas de inspeção em serviços de diálise
  • Boas práticas de inspeção em instituições de longa permanência para idosos
  • Boas práticas de inspeção em serviços de saúde com foco nas ações de prevenção e controle das infecções relacionadas à assistência à saúde e resistência microbiana (RM) – módulo 1
  • Boas práticas de inspeção em serviços de saúde com foco nas ações de prevenção e controle das infecções relacionadas à assistência à saúde e resistência microbiana (RM) – módulo 2
  • Boas práticas de inspeção no gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde
  • Noções gerais para inspeção sanitária de serviços de saúde com foco na segurança do paciente

Os cursos estarão disponíveis a partir do dia 02/09/2019, gratuitamente, em: https://edx.hospitalmoinhos.org.br/project/ead-anvisa

Fonte: Anvisa

 

 



Deixe uma resposta