Unidas pela valorização das enfermeiras, OMS e Kate Middleton lançam campanha

Nesta terça-feira (27/02), a Organização Mundial da Saúde (OMS) e Kate Middleton lançaram a campanha Nursing Now, que visa a valorização dos enfermeiros, enfermeiras e parteiras. Estes profissionais, embora muito importantes para o sistema de saúde, nem sempre são reconhecidos.
Kate Middleton, a duquesa de Cambridge, foi nomeada patrona do programa.
Segundo a ONU faltam cerca de 9 milhões de enfermeiros, enfermeiras e parteiras no mercado para satisfazer as necessidades médicas do planeta até 2030. Com o projeto a OMS visa suprir a falta deste profissional e estimular programas de empregabilidade.
Outra meta do programa é estabeler de redes globais de pesquisa e liderança política na área de enfermagem até 2020. Para alcançar o objetivo a OMS visa garantir que 75% dos países tenham um organismo de governança da enfermagem dentro das instâncias mais altas de gestão nacional da saúde.
Em seu discurso, Kate Middleton lembrou que sua bisavó trabalhou como enfermeira voluntária para a Cruz Vermelha, onde “aprendeu sobre o carinho e a compaixão que às vezes somente os enfermeiros podem dar”.
“Vocês se preocupam conosco desde os nossos primeiros anos, vocês cuidam de nós nos nossos momentos mais tristes e mais felizes e, para muitas pessoas, vocês cuidam de nós e de nossas famílias no final de nossas vidas”, afirmou a duquesa, dirigindo-se diretamente aos enfermeiros.
“Sua dedicação e seu profissionalismo são sempre inspiradores”, acrescentou Kate, que ressaltou que, em algumas partes do mundo, os enfermeiros são os únicos profissionais de saúde qualificados disponíveis em suas comunidades.
Fonte: Site da Organização das Nações Unidas (ONU)



Deixe uma resposta