Profissional de saúde, como você pode ajudar na campanha Saúde Universal?

Para comemorar o Dia Mundial da Saúde, celebrado em 7 de abril, a Organização Pan-Americana da Saúde e a Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) escolheram como tema da campanha a Saúde Universal.
O principal objetivo da campanha deste ano é aumentar a conscientização sobre a necessidade de cobertura e acesso à saúde universal, além dos benefícios que isso pode trazer.
 
QUERO ME INSCREVER NO II FÓRUM DE PRÁTICAS DE EXCELÊNCIA EM SEGURANÇA DO PACIENTE E II ENCONTRO DA GERAÇÃO DE EXCELÊNCIA
 

O que é Saúde Universal?

Saúde Universal significa garantir que todas as pessoas e comunidades tenham acesso aos serviços de saúde sem qualquer forma de preconceito e sem sofrerem dificuldades financeiras.
De acordo com as recomendações da OMS, as despesas para acessar os serviços de saúde não devem ser superiores a 20% dos gastos totais em saúde. Em muitos países, no entanto, essa porcentagem é muito maior, colocando as pessoas em risco de cair na pobreza. Além das barreiras financeiras, outros tipos de obstáculos impedem que a população acesse os serviços de saúde dos quais precisam: localização física ou geográfica, barreiras institucionais, aceitação cultural, estigma e discriminação.
 
Leia também: Acesse aqui! Manual OPAS/OMS para combate à má nutrição
 
Como você, profissional de saúde, pode contribuir com a campanha Saúde Universal?
Todos têm um papel a desempenhar, participando de conversas e contribuindo para o diálogo sobre políticas que podem ajudar seu país a alcançar e manter a saúde universal. Você pode:

  • Discutir políticas intersetoriais para garantir a disponibilidade, acessibilidade, relevância e competência dos recursos humanos para a saúde universal.
  • Discutir as necessidades de equipes interprofissionais qualificadas e motivadas, que são essenciais para atender as necessidades de saúde das pessoas, onde quer que vivam.
  • Lutar para que os profissionais de saúde possam desfrutar de emprego estável e decente, pois isso fortalece o sistema de saúde e o desenvolvimento social e econômico do país.
  • Criar movimentos que promovam acordos de alto nível entre os setores educacional e de saúde, a fim de alcançar padrões de qualidade na formação de profissionais de saúde, com base em necessidades específicas da comunidade.
  • Defender a perspectiva de gênero e incorporá-la em novos modelos organizacionais e contratação nos serviços de saúde.

Acesse a Campanha completa aqui
 
Já estão abertas as inscrições para o 2º Fórum Práticas de Excelência do IBES e 2º Encontro da Geração de Excelência.

 

Vamos aprender mais com o Canal de Excelência em Saúde?

Neste episódio Aléxia Costa apresenta quais são os fundamentos de gestão em saúde que alicerçam o sistema de acreditação da ONA.

 
Participe do Capacitação em Experiência do Paciente e Cuidado Centrado no Paciente
Inscreva-se já!

 
 
Fonte: Organização Pan-Americana da Saúde