HOFTALMAR – Hospital e Banco de Olhos de Maringá é Acreditado Pleno pela ONA!

A HOFTALMAR – Centro de Diagnóstico em Oftalmologia foi fundada em 1990 com a missão de melhorar a qualidade dos exames oftalmológicos, fornecendo aos nossos médicos melhores condições para um bom diagnóstico. Em 1995, com a entrada de novos sócios, com a aquisição de novos equipamentos e buscando melhorias em sua estrutura e atendimento, iniciaram-se os projetos da HOFTALMAR – HOSPITAL DE OLHOS, inaugurada em 2 de junho de 2000 com as unidades de Diagnóstico e Centro Cirúrgico.

Em 2007 com a criação do BANCO DE OLHOS DE MARINGÁ, iniciou-se uma nova fase da HOFTALMAR, HOSPITAL E BANCO DE OLHOS DE MARINGÁ.

Por não oferecer serviços de consultas oftalmológicas, a HOFTALMAR é reconhecida pela sua NEUTRALIDADE, oferecendo apoio às clínicas como Centro Diagnóstico e Cirúrgico.

O Hoftalmar é destaque no diagnóstico e tratamento de catarata, glaucoma, estrabismo, doenças da retina, cirurgia refrativa e plástica ocular. E com o Banco de Olhos realiza captação, avaliação e ainda disponibiliza córneas para transplantes. Constantes investimentos em tecnologia e pesquisa fazem do Hoftalmar uma referência em Maringá e toda a região.

Com um corpo clínico de 50 oftalmologistas, 5 anestesistas e 40 colaboradores, a HOFTALMAR atende pacientes de todas as regiões do Paraná, de outros estados, além de outros países.

HOFTALMAR

Confira os pontos fortes que destacaram a instituição durante o processe de avaliação e certificação:

  • Envolvimento da gestão e equipe com os processos relacionados à qualidade.
  • Investimento constante na atualização do parque tecnológico.
  • Estratégia para negociação com as fontes pagadoras, impactando positivamente os resultados financeiros.
  • Pioneirismo na gestão de Banco de Olhos por entidade privada, tornando-o referência pelas Boas Práticas.
  • Realização do “Meeting” de Glaucoma.
  • Participação na “Semana do Trânsito” realizando orientações à comunidade.

Conheça mais a HOFTAL no site https://hoftalmar.com.br/



Deixe uma resposta