Como a equipe de Enfermagem impacta na Segurança do Paciente?

Muitos estudos publicados nos últimos anos têm indicado que uma melhor equipe de profissionais de enfermagem está associada a melhores resultados para os pacientes, incluindo:

  • menor mortalidade e falha na recuperação de pacientes,
  • menor tempo de internação,
  • menos readmissões,
  • menos complicações,
  • maior satisfação do paciente e
  • relatórios mais favoráveis relacionados à qualidade do atendimento e à segurança do paciente.

No entanto, existem questões e preocupações persistentes sobre esses estudos e as evidências que eles fornecem. Na última edição do BMJ Quality & Safety, Needleman e cols. citam alguns itens potencialmente importantes, incluindo:

  • a ausência de evidências sobre se há um nível ideal de pessoal minimamente aceitável abaixo do qual os enfermeiros são incapazes de prestar assistência segura e de alta qualidade,
  • a ausência de fatores do ambiente de trabalho e seu impacto em muitos estudos e,
  • se a presença maior ou menor da equipe de suporte de enfermagem afeta os resultados do paciente.

O BMJ Quality & Safety publicou 3 artigos recentes sobre os impactos da equipe de enfermagem do hospital. O primeiro estudo concluiu que todo aumento de 10 % nos enfermeiros entre todo o pessoal de enfermagem do hospital estava associado a 11% de chances de mortalidade menores e 10% de chances de baixa classificação de pacientes de seus hospitais.

O segundo e o terceiro artigo usaram desenhos de pesquisa diferentes, examinando os resultados da variação de pessoal de enfermagem no nível da unidade. Griffiths e cols. descobriram que o risco de morte aumentava em 3% a cada dia que um paciente clínico ou cirúrgico adulto experimentava uma equipe de enfermagem abaixo da média da enfermaria.

Todos os três trabalhos confirmam – pelo menos em relação à mortalidade – que a baixa quantidade/qualidade da equipe de enfermeiros aumenta o risco de maus resultados para os pacientes.

Num último estudo recente, dados de 737 hospitais dos EUA entre 2006 e 2016 foram usados para se avaliar se as alterações nos recursos de enfermagem ao longo do tempo estão relacionadas a alterações na qualidade do atendimento e na segurança do paciente. Concluiu-se que as melhorias na qualificação dos funcionários nos hospitais, bem como nos ambientes de trabalho e a composição educacional dos enfermeiros, coincidem com as melhorias na qualidade do atendimento e na segurança do paciente.

Portanto, gestores hospitalares: invistam no aprimoramento da sua equipe de Enfermagem!

FONTES:

  • Aiken LH, Sloane DM. Nurses matter: more evidence BMJ Quality & Safety Published Online First: 09 September 2019
  • Aiken LH, et al. . Effects of nurse staffing and nurse education on patient deaths in hospitals with different nurse work environments. Med Care, 2011;49:1047–53.
  • Needleman J, et al. The association of registered nurse and nursing support staffing with inpatient hospital mortality. BMJ Qual Saf2019.
  • Griffiths P, et al. . Nurse staffing, nursing assistants and hospital mortality: retrospective longitudinal cohort study. BMJ Qual Saf2019;28:609–17.

 



Deixe uma resposta