Melhores Práticas de Atenção Primária à Saúde no combate à COVID-19

Melhores Práticas de Atenção Primária à Saúde no combate à COVID-19

O programa “APS Forte no SUS no combate à pandemia de COVID-19” foi lançado em maio de 2020 para identificar práticas exitosas com potencial de replicabilidade na atenção primária à saúde.

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e o Ministério da Saúde reconheceram publicamente as 19 experiências de excelência inscritas por profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) no âmbito do primeiro nível de atenção na iniciativa.

Ao todo, 1.471 experiências de todo o país foram inscritas; dessas, 19 foram selecionadas para premiação.

Segundo Socorro Gross, representante da OPAS e da OMS no Brasil, “essas experiências compõem um mosaico de boas práticas na atenção primária à saúde brasileira e mostram profissionais de saúde, coordenadores, gestores do SUS, equipes de saúde da família e comunidades engajados para contribuir na prevenção, proteção e cuidados nesses tempos tão difíceis”.

Para Gross, as experiências mostram que é possível:

  • vencer obstáculos,
  • trabalhar com inovação e
  • alcançar as populações mais vulneráveis.

Apesar de ter sobrecarregado os sistemas de saúde e imposto importantes desafios para a saúde pública, “a pandemia acelerou inovações, incluindo reforços para reorganizar e expandir a prestação de serviços em todos os 51 países e territórios das Américas.

A pandemia de Covid-19 também agilizou a adoção de tecnologias digitais de saúde na prestação de serviços; estimulou inovações em gestão de recursos humanos, compartilhamento das tarefas e força de trabalho; e aumentou as capacidades e parcerias de pesquisa e produção do conhecimento, como é o caso das experiências que vemos neste evento”, disse James Fitzgerald, diretor de Sistemas e Serviços de Saúde da OPAS e da OMS.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR AS EXPERIÊNCIAS SELECIONADAS

A iniciativa “APS Forte no SUS no combate à pandemia de COVID-19” concedeu certificados de menção honrosa para 261 experiências finalistas. Essa seleção aponta um grupo de municípios com alta motivação e sensibilidade sobre o papel e a responsabilidade da atenção primária à saúde na resposta à pandemia.

No decorrer de 2020, a iniciativa “APS Forte no SUS no combate à COVID-19” promoveu o intercâmbio de conhecimento e vivências entre os profissionais da APS que participaram de 12 debates virtuais e divulgaram os relatos de práticas no combate à COVID-19 no Portal da Inovação na Gestão do SUS.

Também foi lançado o e-book Navegador SUS-APS Forte no SUS, com o registro das práticas selecionadas, por meio de depoimentos em vídeo e fotografias dos autores e usuários envolvidos.

Fonte da imagem: Freepik

Fonte: Ministério da Saúde

 



Deixe uma resposta