Consulta Pública sobre atuação do farmacêutico clínico na UTI. Participe!

A atuação do farmacêutico nas unidades de terapia intensiva (UTI) tem se mostrado cada vez mais essencial, uma vez que estes profissionais asseguram o monitoramento farmacoterapêutico de forma a fortalecer o melhor resutado assistencial e a segurança do paciente.

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) acaba de lançar uma Consulta Pública (CP) sobre a proposta de Resolução que regulamenta as atividades do farmacêutico na UTI.

A CP nº 06/2018 também aborda outros aspectos destes profissionais por meio de um formulário, o qual visa concentrar as opiniões e sugestões dos profissionais ou entidades relacionados à área.

 

Entenda também: Atenção, farmacêuticos: Anvisa revisa regras para troca de medicamentos biológicos na dispensação

 

Os interessados já podem preencher o documento, presente na página do CFF, até o dia 7 de fevereiro de 2019. O formulário é composto, majoritariamente por respostas dissertativas e oferece a possibilidade do indivíduo justificar a resposta em relação aos 7 artigos da Resolução:

  • Art. 1º – referente à regulamentação das atribuições clínicas do farmacêutico intensivista.
  • Art. 2º – referente à carga horária de trabalho em tempo integral, dedicado ao cuidado do paciente crítico, na UTI.
  • Art. 3º – referente às atribuições relacionadas ao cuidado.
  • Art. 4º – referente às atribuições relacionadas ao ensino e à pesquisa.
  • Art. 5º – referentes às atribuições relacionadas à gestão.
  • Art. 6º – referentes às atribuições que correspondem aos direitos, responsabilidades e competências do farmacêutico clínico intensivista.
  • Art. 7º – referentes às definições dos termos do glossário e referências contidas em anexo.

 

Ao final do formulário, o interessado dá uma avaliação geral sobre o documento em questão.

Por isso, não perca tempo e participe das decisões!

 

Nossos cursos são baseados nas melhores evidências científicas, trazendo aos nossos alunos informações de qualidade, sempre atualizadas! Garanta a sua inscrição nos Cursos do IBES em 2019! Conheça toda a programação em www.ibes.med.br

Neste episódio, Aléxia Costa comenta um estudo que teve como objetivo saber o que o familiar do paciente da UTI necessita:

 

Referência:

Conselho Federal de Farmácia. Consulta Pública nº 6: Atribuições do farmacêutico clínico em unidades de terapia intensiva. Dezembro de 2018.

 



1 comentário

  • Clesméia Quideroli

    Vejo a importância desta atuação, o farmacêutico pode trabalhar em parceria com o médico e promover uma melhor recuperação, uma desospitalização mais rápida, garantindo a segurança do paciente.

Deixe um comentário