Confira a atualização dos casos de febre amarela

De 1º de julho até o dia 14 de janeiro foram confirmados 35 casos de febre amarela no país

febre amarela
Ontem (16), em entrevista, o Ministério da Saúde atualizou os dados sobre febre amarela no Brasil. A maioria dos casos registrados e confirmados estão no sudeste, principalmente em São Paulo. De julho de 2017 até o momento foram notificados ao todo 470 casos suspeitos, sendo 145 permanecem em investigação e os demais foram descartados. Foram confirmados 35 casos, sendo que 20 vieram a óbito.
A importância da vacinação da população em áreas com recomendação foi reforçada pelo ministro da Saúde substituto, Antônio Nardi. A estratégia adotada pelo Ministério da Saúde é de fracionar as vacinas para imunizar a população. Por medida de segurança, foi solicitada a compra de 20 milhões de seringas específicas para o fracionamento.
 
Leia também: Novos casos de febre amarela foram notificados nas Américas
 
A vacinação para febre amarela é ofertada na rotina dos municípios com recomendação de vacinação nos seguintes estados: Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Bahia, Maranhão, Piauí, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Todas as pessoas que vivem nesses locais devem tomar uma dose da vacina para estar protegido durante toda a vida.
É importante informar que a febre amarela é transmitida por meio de vetor (mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes no ambiente silvestre).
Confira abaixo a tabela de casos divulgada pelo Ministério da Saúde:
Distribuição dos casos de febre amarela notificados: 1º/7/2017 a 14/01/2018

UF (LPI)*

Notificados

Descartados

Em Investigação

Confirmados

Óbitos

NORTE

AP

2

2

0

AM

1

1

0

PA

18

11

7

0

RO

5

5

0

RR

2

2

0

TO

7

6

1

0

NORDESTE

BA

11

6

5

0

CE

1

1

0

MA

1

1

0

PE

1

0

1

0

PI

3

1

2

0

RN

1

0

1

0

CENTRO-OESTE

DF

20

17

2

1

1

GO

20

14

6

0

MS

4

1

3

0

SUDESTE

ES

53

31

22

0

MG

64

38

15

11

7

RJ

8

3

2

3

1

SP

223

132

71

20

11

SUL

PR

14

13

1

0

RS

7

3

4

0

SC

4

2

2

0

Total

470

290

145

35

20

Dados preliminares e sujeitos à revisão 
*LPI – Local Provável de Infecção
 

Vamos relembrar mais um vídeo do Canal de Excelência em Saúde ?

No vídeo CEES #024 – Supervisão clínica aumenta a segurança do paciente?, Aléxia Costa comenta um estudo sobre a relevância da supervisão clínica de profissionais da saúde, na segurança do paciente. Assista!

 
Participe do Capacitação em Experiência do Paciente e Cuidado Centrado no Paciente
Inscreva-se já!
Site-Experiencia-do-paciente
 
Fonte: site Ministério da Saúde – Por Amanda Mendes, da Agência Saúde