[ivory-search id="27469" title="Default Search Form"]
[ivory-search id="27469" title="Default Search Form"]

Como se tornar um Avaliador do IBES/ONA?

Trabalhar realizando avaliações de sistemas de gestão da qualidade em organizações de saúde tem sido o sonho de muitos profissionais que buscam novas perspectivas de carreira, ganhos financeiros adicionais e um maior valor ao seu currículo no mercado. Ainda mais se a Instituição Acreditadora for o IBES – Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde, hoje a IAC que mais cresce no mercado em todo o país.

A fim de se capacitar como Avaliador IBES na Metodologia da ONA – Sistema Brasileiro de Acreditação, primariamente o profissional de saúde deve fazer o Curso de Formação de Avaliadores do IBES (Metodologia SBA/ONA). Qualquer profissional, graduado ou não, pode fazer o curso, mas isso não garante que ele efetivamente irá querer ser um Avaliador. Muitos profissionais fazer o curso para conhecer a metodologia, saber quais são os requisitos que serão exigidos em cada área, implantar a Acreditação em suas organizações, etc.

Já o profissional de saúde que deseja ser Avaliador IBES deve, após o curso, cumprir os critérios mínimos de elegibilidade:

  • Ser profissional graduado, atuante na área de saúde (enfermagem, medicina, farmácia, nutrição, terapia ocupacional, fisioterapia, biologia, biomedicina, odontologia, fonoaudiologia, psicologia, engenharia clínica, medicina ou engenharia do trabalho, arquitetura hospitalar, engenharia biomédica, engenharia de produção, administração, administração hospitalar, gestão em saúde, gestão da qualidade, etc).
  • Possuir experiência em gestão e/ou expertise em sua área de atuação.
  • Ter realizado o Curso de Formação de Avaliadores Presencial do IBES.
  • Ter realizado o Curso Preparação de Avaliadores do Sistema Brasileiro de Acreditação ONA (disponível em https://www.ona.org.br/loja/categoria/30) e ter sido aprovado no Exame Sistema Brasileiro de Acreditação/ONA (mesmo link).
  • Ser aprovado no processo seletivo interno do IBES que consistem em prova e entrevista com a diretoria de avaliação e certificação (para participar de um dos processos seletivos que ocorrem todo ano, enviar os comprovantes dos cursos citados acima e curriculum vitae para avaliacao@ibes.med.br).
  • Ter disponibilidade para viagens em todo o país (as despesas não são custeadas pelo avaliador).
  • Ter disponibilidade mínima de fazer avaliações pelo menos por 2 dias seguidos (seu empregador deve estar ciente de que você terá que se ausentar para fazer as avaliações no formato online ou presencial – que pode envolver a logística de deslocamento aéreo ou terrestre).
  • Pactuar com os “Valores” do IBES.

Em geral, o avaliador trabalha em uma instituição de saúde, e possui disponibilidade para atuar em visitas de avaliação em 1, 2, 3 ou mais dias no mês (isso deverá ser acordado com a Gerência de Avaliação do IBES após você ser aprovado no processo seletivo).

Leia também: Acreditação ONA

A experiência na realização de avaliações agrega valor ao profissional através do aprimoramento de sua visão sistêmica, o conhecimento das melhores práticas do mercado e a oportunidade de conhecer instituições de ponta, acreditadas ou em processo de acreditação. Pode ser bastante útil de modo a ser uma fonte adicional de renda, bem como fazer a diferença no seu curriculum vitae, uma vez que o mercado de saúde está cada vez mais absorvendo profissionais com experiência em acreditação.

Após a análise da documentação, ocorrerá uma entrevista e em seguida (se aprovado), as visitas como Avaliador-Trainee (em geral, 3 visitas que fazem parte da sua formação como Avaliador IBES; mais visitas serão necessárias apenas se evidenciada a necessidade em sua avaliação de desempenho).

Em resumo, o processo de credenciamento do profissional no Banco de Avaliadores do IBES depende de três etapas:

  • Realizar o curso de Formação de Avaliador ONA e ser aprovado no Exame (válido por 2 anos).
  • Realizar do Curso de Formação de Avaliadores do IBES (válido por 4 anos, independente do prazo da vigência do Manual ONA)

Ser aprovado no Processo Seletivo para Avaliador Trainee, composto pelas seguintes etapas:

  • Entrar em contato com o IBES, enviar curriculum lattes atualizado, o qual será analisado para aprovação do candidato (frente às competências necessárias).
  • Ser aprovado na entrevista com a Gerência de Avaliação.

A Avaliação de Desempenho do Avaliador IBES é periódica, sendo alinhada a um plano de desenvolvimento individual, de acordo com a necessidade de cada profissional. O Avaliador pode se tornar Avaliador-Líder através da experiência adquirida nas visitas de avaliação, bem como estudos complementares, até atingir as competências técnicas e comportamentais necessárias.

Além disso, o IBES é uma instituição em constante crescimento, com grandes oportunidades para aqueles profissionais que realmente agregam valor ao nosso Time.

Alexia Mandolesi Costa
Diretora Técnico-Científica do Grupo IBES

Fonte da imagem: Freepik

 



3 Comentários

  • Eliane Dantas

    Boa tarde!
    Gostaria de mais informações sobre se tornar um avaliador do IBES/ONA, porém sou uma profissional autônoma. Tenho formação superior em enfermagem desde 2018, desde então atuo como enfermeira assistencial, tenho um ano de experiência como RT e gestão da qualidade.
    Este ano optei por acompanhar minha familia ( meus pais idosos e meus filhos adolescentes) mais de perto por questões pessoais.
    Sempre que possível faço algumas auditorias externas particulares e presto consultoria para distribuidoras de produtos de saude!

    Pelo que entendi, preciso passar no curso de formação de avaliadores da ONA, depois passar pelo curso de formação de avaliadores pelo IBES (somente presencial?)…
    Moro em Vitória/ES, mesmo querendo me especializar nesta área as oportunidades são muito pequenas, por diversos impencilios e dificuldades impostas pelas próprias IAC’s

  • Graziela Romanio

    Sou fiscal de saúde pública, tenho formação em química industrial, especialização em gestão ambiental e MBA em central de materiais e esterilização. Inspeciono serviços de saúde, como fiscal da vigilância sanitária há 20 anos. Gostaria de maiores esclarecimentos sobre o fluxo de formação necessário: primeiramente há necessidade de realizar o curso de preparação de auditor da ONA, após, ser aprovada no exame e, em seguida fazer o curso da IBES, com posterior aprovação no exame. A modalidade é online? Assim como da ONA?

Deixe um comentário