Como as Redes de especialistas podem melhorar a qualidade da assistência?

As redes de especialistas são entendidas como redes de comunicação estruturada entre os profissionais de saúde (e, muitas vezes, os usuários), que visam melhorar o cuidado e serviços assistenciais, utilizando-se uma abordagem de concordância e implementação de estratégias para melhorar o cuidado.

​ Essas redes, estruturaras através de reuniões de discussão de casos clínicos, encontros para difusão de conhecimentos técnicos, entre outras abordagens, aprimoram a qualidade da assistência uma vez que:

  • Oferecem discussões para combater problemas complexos
  • Fomentam a mudança necessária na prática clínica
  • Integram várias disciplinas e especialidades no cuidado
  • Melhoram a comunicação interna
  • Estimulam o cuidado colaborativo entre profissionais e pacientes.

 

Saiba mais: Confira como implantar um Escritório da Qualidade na sua organização

 

Esses benefícios são alcançados, pois as redes de especialistas geram um fortalecimento da liderança, disseminam uma cultura participativa, engajam as partes interessadas e organizam a utilização adequada dos recursos.

Para o sucesso completo desta prática, é necessário o gerenciamento e monitoramento de todos os processos, englobando tanto os elementos estratégicos quanto operacionais, para fortalecer as etapas e obter uma representação multidisciplinar.

Outros fatores que fortalecem as redes são:

  • Ambientes de políticas de apoio;
  • Reorganização da saúde e processos;
  • Metas financeiras.

 

A partir dessas descobertas, as redes de especialistas se apresentam como veículos para implementar a mudança organizacional no sistema de saúde, de forma a permanecer embasado em evidências científicas, contudo otimizando a participação humana.

Com a introdução de práticas de qualidade, juntamente ao monitoramento dessa aplicação, os processos terão suas condições aprimoradas e os profissionais e pacientes participarão das decisões e terão papéis importantes na garantia de alcançar os resultados esperados.

 

Nossos cursos são baseados nas melhores evidências científicas, trazendo aos nossos alunos informações de qualidade, sempre atualizadas! Garanta a sua inscrição nos Cursos do IBES em 2019! Conheça toda a programação em www.ibes.med.br

Neste episódio, Aléxia Costa aborda algumas questões sobre a importância, necessidade e viabilidade do uso de ferramentas para a melhoria continua da qualidade nos serviços de saúde:

 

 

Referência:

Mary M Haines; Bernadette Brown; Catherine A D’Este; etc. Improving the quality of healthcare: a cross-sectional study of the features of successful clinical networks. Public Health Research & Practice. Dezembro de 2018.



Deixe um comentário