Boas Práticas e Apoio Decisório para Doação e Transplantes de Órgãos, Tecidos e Células

Boas Práticas e Apoio Decisório para Doação e Transplantes de Órgãos, Tecidos e Células

O livro da Anvisa visa práticas assistenciais com qualidade e segurança em todo o processo de doação e transplante de órgãos

Anvisa lançou o livro intitulado Boas Práticas e Apoio Decisório para o Processo de Doação e Transplantes de Órgãos, Tecidos e Células Humanos. A publicação foi desenvolvida em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e teve o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

O livro apresenta resultados de pesquisa acadêmica, pesquisa científica sistemática e pesquisa de campo conduzidas nacionalmente. O objetivo é determinar estratégias para o controle, o monitoramento e o tratamento dos riscos de eventos adversos no processo de doação e transplantes de órgãos, tecidos e células humanos.

A publicação traz instrumentos para que os profissionais de saúde atuem no fortalecimento do Sistema de Biovigilância no Brasil. Com material educacional seguro, o documento responde às metas nacionais e internacionais para práticas assistenciais com qualidade e segurança em todo o processo.

A biovigilância, tema principal do livro, é um conjunto de ações de monitoramento e controle fundamentais para garantir a segurança dos receptores e doadores de células, tecidos e órgãos humanos

 

Leia mais: Sancionada a ‘Lei Tatiane’ que incentiva a doação de órgãos para transplantes em todo o país

 

O livro Boas Práticas e Apoio Decisório para o Processo de Doação e Transplantes de Órgãos, Tecidos e Células Humanos é uma obra que contou com a participação de diversos profissionais atuantes nas diferentes regiões do país, na área da doação e do transplante de tecidos e órgãos humanos.

Organizado em 20 capítulos, constituído de material de relevado conteúdo técnico, tem como principal proposta apresentar as melhores práticas para a eficácia e a efetividade do processo de doação e transplantes de órgãos e tecidos humanos, por meio da determinação de estratégias ideais de controle, monitoramento e tratamento dos riscos de eventos adversos.

Nos capítulos iniciais, com cunho instrumental, são apresentadas definições, taxonomia, lista de abreviações com foco na descrição dos eventos e reações adversas; políticas e organização do processo de doação de órgãos e transplantes e aspectos e considerações bioéticas na biovigilância.

 

 

 

Sequencialmente, apresentam-se capítulos que abordam a questão dos riscos e benefícios do transplante de órgãos sólidos, como transmissão ou desenvolvimento de doenças neoplásicas. Riscos relacionados à transmissão de doenças infecciosas são discutidos em capítulos específicos relacionados aos transplantes de órgãos em geral, tecidos oculares e de células-tronco hematopoiéticas e complicações infecciosas pós-transplante.

Ademais, a especificidade dos riscos dos processos de doação e transplante de tecido musculoesquelético, aloenxertos cutâneos e relacionados ao uso de órgãos de doadores com outras condições ou doenças é tratada em outros três capítulos separadamente.

Também procurou-se apresentar questões sobre os riscos relacionados à falha do enxerto e riscos não relacionados ao doador ou enxerto. Após a apresentação dos riscos, os capítulos seguintes têm como objetivo apresentar um fluxo de identificação, notificação e comunicação de eventos adversos, bem como um fluxo de vigilância, controle, monitoramento e tratamentos dos riscos de eventos adversos. Por fim, com foco na qualidade do processo de doação e transplantes de órgãos e tecidos humanos, os capítulos seguintes trazem a proposição de indicadores de qualidade e também o monitoramento dos incidentes relacionados ao processo de doação de órgãos e tecidos para transplante. Finalizando esta obra, também em capítulos específicos, são apresentados conceitos jurídicos aplicados à análise dos casos e eventos adversos e aspectos relativos à educação e à capacitação em biovigilância para profissionais da saúde com o uso de tecnologias educacionais inovadoras, para fomentar a cultura de segurança e a comunicação de eventos adversos relacionados à biovigilância.

 

Baixe o Livro da Anvisa aqui: https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2023/anvisa-publica-livro-sobre-boas-praticas-para-doacao-e-transplantesde-orgaos-tecidos-e-celulas

 

Fonte da imagem: Freepik

 



Deixe um comentário