Confira as recomendações da OMS para prevenção da sepse nos cuidados de saúde

Em comemoração ao Dia Mundial de Higienização das Mãos, celebrado hoje (05/05), a OMS lançou uma nova campanha voltada para o combate à Sepse. Nesta empreitada, definiu-se neste ano o lema “Está em suas mãos prevenir a sepse na assistência à saúde”, cuja intenção é alertar os profissionais da saúde.

 

QUERO ME INSCREVER NO II FÓRUM DE PRÁTICAS DE EXCELÊNCIA EM SEGURANÇA DO PACIENTE E II ENCONTRO DA GERAÇÃO DE EXCELÊNCIA

 

A OMS reforça os principais momentos em que os profissionais de saúde devem realizar a higienização das mãos. Os cinco momentos para higienização das mãos são:

1. Antes de contato com um paciente;
2. Antes da realização de procedimentos assépticos;
3. Após risco de exposição a fluidos corporais;
4. Após contato com um paciente;
5. Após contato com as áreas próximas ao paciente.

 

Leia também: Pacientes também precisam lavar suas mãos, além dos profissionais de saúde

 

De acordo com as diretrizes da OMS sobre Higienização das Mãos em Serviços de Saúde, os profissionais de saúde devem lavar, adequadamente, as suas mãos antes e após tocar o paciente, inclusive em caso de exposição a fluidos corporais. O profissional deve lavar as mãos, mesmo que tenha tocado apenas as superfícies, mobília e objetos próximos ao paciente, assim como ao sair do ambiente de assistência.

 

 

Perigos

Cerca de 70% dos profissionais de saúde e 50% das equipes cirúrgicas não praticam rotineiramente a higienização das mãos. Estudos demonstraram que a prática, quando realizada constantemente, reduz as infecções associadas aos cuidados de saúde.

A sepse é uma disfunção orgânica fatal, causada por uma resposta desregulada do hospedeiro à infecção. Se não for reconhecida precocemente e tratada de forma imediata, pode levar ao choque séptico, falência múltipla de órgãos e, como conseqüência, morte.

 

Já estão abertas as inscrições para o 2º Fórum Práticas de Excelência do IBES e 2º Encontro da Geração de Excelência.

 

Confira o Canal de Excelência em Saúde!

Veja no vídeo de hoje como a Sepse é contraída, seu efeito devastador e principalmente, como pode ser prevenida.

 

 

Participe do próximo Mapeamento e Gerenciamento de Processos

Inscreva-se já!

 

Fonte: OPAS/OMS