Ícone do site Grupo IBES

Gerenciamento de projetos na Assistência à Saúde

Gerenciamento de Projetos

Por que precisamos de gerenciamento de projetos na Assistência à Saúde

A prestação de cuidados de saúde é uma das maiores indústrias do planeta, e está crescendo e mudando a um ritmo vertiginoso. Outra questão importante é o custo, que combinado com a introdução de novos sistemas eletrônicos de saúde, regulamentos e tecnologias, têm destacado a importância do gerenciamento de projetos na assistência à saúde. 

As organizações estão realizando projetos para incorporar novos elementos em seus fluxos de trabalho, para melhorar os processos em todo o continuum de cuidados, aprimorar suas instalações, otimizando os resultados e reduzindo custos. 

De acordo com o Hospital de Massachusetts, a vantagem do gerenciamento de projetos em saúde é que ele permite que as organizações “permaneçam um passo à frente de qualquer risco potencial”.

Complexidades adicionais, como restrições regulatórias e um conjunto diversificado de partes interessadas, ampliam a importância de gerenciamento de projetos na área da saúde. Gerentes de projeto devem aderir a uma infinidade de procedimentos e regulamentos relacionadas à segurança, qualidade e privacidade do paciente. 

Cada indústria tem seu próprio conjunto de regras, mas a saúde é particularmente complicada. Essas restrições crescentes enfatizam a natureza crítica do planejamento e execução do projeto.

Leia também: Eu, profissional de saúde, preciso saber como gerenciar projetos?

Durante o planejamento integrado, os gerentes de projeto não podem ignorar o impacto da mudança no setor de saúde.

A mudança organizacional e o gerenciamento de projetos têm 4 características críticas em comum. Ambos implicam um deliberado processo, um líder identificado, objetivos bem definidos e um cronograma bem definido (Englund et al., 2003). 

Dentro dos sistemas de saúde, a gestão da mudança visa conectar processos de mudança aos resultados implementados. Devido a restrições fiscais, é inevitável que organizações de saúde devam avaliar seus processos atuais em termos de eficiência e economias de escala. 

VanDeusen Lucas et al. (2007) realizou uma análise da transformação entre 12 prestadores de serviços de saúde e identificou 5 elementos necessários para a mudança:

As equipes de projetos de saúde podem ser maiores e mais diversificadas, como resultado da inerente natureza multifuncional do cuidado ao paciente, exigindo a disponibilidade de um gerente de projeto que seja adaptável e disposto a considerar todas as perspectivas. 

Tipos de projeto de saúde

Na saúde, os projetos são reconhecidos como uma ferramenta especialmente eficaz e uma forma de introduzir inovações, enfrentar novos desafios ou encontrar soluções para problemas que não podem ser acomodados pelos procedimentos e rotinas existentes. Existem vários tipos distintos de projetos de saúde:

Schwalbe (2013) [6] descreve as seguintes características de outros projetos de saúde:

Exemplos de projetos em saúde:

Gestão de Mudanças no Setor de Saúde

Há uma riqueza de pesquisas sobre a aplicação do gerenciamento de projetos em tecnologia da informação em saúde; porém pouca atenção foi dada para a aplicação de gerenciamento de projetos em estratégias do planejamento em saúde. 

Como resultado, quando os processos formais de gerenciamento de projetos não são implementados, custos do projeto, cronogramas e fluência do escopo têm potencial para escalar. 

Devido à alta taxa de falhas de projetos de mudança, o interesse acadêmico mudou para uma melhor compreensão das complexidades associadas à mudança transformacional (Burnes, 2005).

Se você deseja se aprofundar neste tema, aproveite a oportunidade de se tornar um Expert em Gerenciamento de Projetos aplicado a Saúde, participe da formação mais completa do mercado, o Materlabs.

Esta formação terá um workshop presencial + conteúdos na nossa plataforma IBES Digital + Mentoria de Implementação. Confira a programação completa clicando aqui, pois as vagas são limitadas.

Fonte da imagem: Freepik

Fonte: Razan Abyad. The Role of Project Management in Public health. World Family Medicine. 2021; 19(5): 87-96 DOI: 10.5742/MEWFM.2021.94054

Sair da versão mobile