Processo de Acreditação ACSADescrição do Processo de Certificação

O esquema geral do processo de certificação de um centro de saúde é refletido na figura a seguir

Um dos compromissos incluídos na política de qualidade da Agencia de Calidad Sanitaria (ACSA), refere-se ao rigor metodológico, eficiência e sustentabilidade com o qual a organização funciona, seguindo uma ordem e um método na forma como os profissionais realizam suas tarefas e estabelecendo um sistema de gerenciamento projetado para atender às necessidades e expectativas de todas as partes interessadas.

A ACSA considera que a qualidade de suas ações é um elemento fundamental para garantir a credibilidade e confiança que as instituições e os profissionais oferecem.

Além disso, a ACSA optou pelo reconhecimento externo através da acreditação pela ENAC (Entidade Nacional de Credenciamento) dos programas de certificação de centros e unidades, reconhecimento EFQM (+400) pelo Clube de Excelência em Gestão e acreditação do desempenho de atividades de avaliação de acordo com o Programa de Qualificação credenciado pela Sociedade Internacional de Qualidade em Cuidados de Saúde (ISQua).

O processo de certificação definido na ACSA possui diferentes fases:

FASE 1: Solicitação de Certificação

  • A organização de saúde entra em contato com o IBES ([email protected]) e solicita uma proposta comercial.
  • Uma vez que o contrato é firmado, o planejamento conjunto de todo o processo ocorre.
  • A ACSA e o IBES nomeiam um Gestor de Projetos dedicado, que coordena o desenvolvimento do processo.
  • Por sua vez, a instituição de saúde, propõe um líder interno para permitir uma comunicação efetiva.
  • O processo de preparo para a Acreditação é formalmente iniciado via sistema informatizado.

FASE 2: Auto-avaliação

  • Nesta fase, profissionais da própria organização de saúde realizam a Auto-Avaliação no sistema informatizado, de forma a refletir o cumprimento dos padrões, identificando e registrando evidências positivas e /ou áreas de melhoria em relação ao Manual de Padrões de Certificação ACSA específico, como  referência.
  • As respostas da Auto-Avaliação podem ser revisadas e atualizadas ao longo do tempo, de forma a refletir as melhorias alcançadas ou piora no status dos processos.

FASE 3: Visita de avaliação

  • Uma vez concluída a fase de auto-avaliação, a visita de avaliação externa é planejada de forma consensual.
  • A equipe de avaliação ACSA/IBES está encarregada de estudar as informações fornecidas durante a auto-avaliação, previamente.
  • Na visita de avaliação à instituição os Avaliadores verificam evidências do cumprimento dos padrões e requisitos (documentadas através de entrevistas e observações diretas).
  • A Equipe de Avaliadores prepara o relatório de status e melhoria, que especifica o grau de conformidade com os padrões e suas recomendações.

FASE 4: Acompanhamento

  • Esta fase é projetada para garantir a estabilidade do cumprimento das normas ao longo do tempo e continuar a avançar em direção à melhoria contínua da qualidade.
  • As regras de concessão, manutenção e renovação da certificação definem as fases, prazos, responsabilidades, resultados, decisões, etc.
  • A gestão dos projetos de certificação é realizada graças ao trabalho coordenado e sistemático de todos os profissionais da ACSA/IBES vinculados à certificação da instituição: área administrativa, gerentes de projeto, líderes de equipe, avaliadores, membros do Comitê de Certificação, etc. Todos eles podem exercer diferentes funções ao longo das fases do projeto.
  • O processo de certificação exige que os profissionais envolvidos trabalhem em equipe e mantenham uma comunicação efetiva.
  • Todos devem conhecer os prazos definidos em cada uma das fases. O bom gerenciamento de projetos implica em controle completo e cumprimento de prazos.

Fale Conosco

Formulário site IBES Instituto - Powered by Infusionsoft
 
 
 
 
Dados da Instituição
 

Nossos Reconhecimentos

selo-apcer-inet
selo-isqua-membership