O que você precisa saber sobre segundas vítimas

Os eventos adversos ocorrem com bastante frequência nas instituições de saúde. Um estudo feito pelo U.S. Department of Health and Human Services concluiu que 1 em cada 7 pacientes irão vivenciar um evento adverso na vida. Contudo, os pacientes não são as únicas vítimas destes episódios.

As segundas vítimas são “profissionais da saúde que estão envolvidos em um evento adverso, erro médico ou lesões ao paciente e tornam-se vítimas, uma vez que ficam traumatizados pelo acontecimento”.

Nesta situação, os profissionais se sentem particularmente responsáveis pelos resultados dos pacientes, sentem que falharam com o enfermo de maneira a afetar suas habilidades clínicas e questionar seu conhecimento técnico, apresentando os seguintes sintomas:

  • Estresse emocional
  • Vergonha
  • Ansiedade
  • Raiva
  • Depressão
  • Perda de confiança
  • Culpa
  • Sentimento de fracasso
  • Estresse pós-traumático
  • Suicídio (em casos extremos)

Estes sintomas apresentam intensidades variadas de acordo com a:

  • Intensidade da experiência.
  • Forma como a organização recebe e lida com a notícia.

 

Leia mais em: O que são as segundas vítimas

 

Há um certo receio dos profissionais em contarem que participaram de um evento adverso pelo medo da exposição e das consequências, por esta razão é preciso reduzir ou extinguir este estigma:

  • Criando um ambiente em que profissionais se sintam seguros para revelar seu envolvimento no caso.
  • Aumentando a recuperação clínica e educação dos profissionais.
  • Implementando um sistema de relatórios para divulgar eventos adversos.
  • Encorajando a divulgação e educação por parte dos profissionais.

Com estas medidas a recuperação da vítima ocorrerá de forma mais rápida e eficiente.

 

Conheça mais sobre as segundas vítimas no workshop internacional (lecionado pela Dra. Carolyn Canfield) que ocorrerá no II Fórum Práticas de Excelência para a  Segurança do Paciente, nos dias 20 e 21 de julho em São Paulo para conhecer as atualizações sobre a saúde!

Inscreva-se em: www.foruminternacionalibes.com.br  (vagas limitadas)

Confira o vídeo do nosso canal: Neste episódio, Aléxia Costa comenta sobre um estudo que buscou identificar o que ocorre entre os profissionais de saúde após um evento adverso e o que os colegas podem fazer para ajudá-los.

 

Participe também do VI Curso de Atualização Técnico-Científica sobre o Manual ONA OPSS Versão 2018!

 

Referência:

Patient Safety Network. Second Victims: Support for Clinicians Involved in Errors and Adverse Events. 2017.

Carolyn M. Clancy. Alleviating “Second Victim” Syndrome: How We Should Handle Patient Harm. 2012.

 



Deixe uma resposta