Site reúne informações sobre febre amarela para profissionais da saúde

Site lançado pelo Ministério da Saúde reúne informações importantes sobre febre amarela para os profissionais de saúde

febre-amarelasp
Preocupado com a volta do surto de febre amarela, o Ministério da Saúde lançou site com informações sobre a doença.
No site é possível encontrar uma página dedicada aos profissionais da saúde com instruções de como proceder nos casos leves e graves da doença, diferença dos diagnósticos e com quais doenças eles podem ser confundidos, notificação e o Plano de Intensificação das Ações de Prevenção e Controle da Febre Amarela.
 
Leia também: Confira a atualização dos casos de febre amarela
 
Em entrevista coletiva no dia 16, o Ministério da Saúde anunciou os dados atualizados da doença no Brasil e atualizou os dados sobre febre amarela no Brasil. Os casos registrados entre 1º de Julho de 2017 até 14 de janeiro de 2018 somam 470, sendo que 145 permanecem em investigação e os demais foram descartados. Foram confirmados 35 casos, sendo que 20 vieram a óbito.
A febre amarela é uma doença infecciosa aguda, de curta duração (no máximo 10 dias), gravidade variável, causada pelo vírus da febre amarela, que ocorre na América do Sul e na África.
 
Leia também: Novos casos de febre amarela foram notificados nas Américas
 
Os sintomas são: febre, dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômito, dores no corpo, icterícia (a pele e os olhos ficam amarelos) e hemorragias (de gengivas, nariz, estômago, intestino e urina).
Acesse as informações do site em http://bvsms.saude.gov.br/bvs/febreamarela/profissionais.php

Vamos relembrar mais um vídeo do Canal de Excelência em Saúde ?

No vídeo CEES #178 – Facebook Live: Gerenciamento de Riscos em Saúde, Aléxia Costa explicou tudo sobre Gerenciamento de Riscos em Saúde, além de responder, ao vivo, todas as dúvidas dos participantes. Assista e compartilhe com seus colegas!!!

Participe do Leader Coach – Desenvolvimento pessoal e profissional de líderes em saúde – São Paulo
Inscreva-se já!
Site-Leader-Coach
Fonte: Ascom – Cofen