Anvisa suspende 6 medicamentos de fabricantes estrangeiros

01-Alerta-de-FarmacovigilânciaCinco medicamentos de dois fabricantes internacionais foram suspensos pela Anvisa nesta quinta-feira (26/10). A medida foi adotada após a realização de inspeções internacionais feitas pela Anvisa nos locais de fabricação.

 

Leia também: Lote de medicamento para tratamento de verminose é interditado

 

Com isso, a importação, o comércio e o uso dos medicamentos ficam suspensam até que os fabricantes corrijam os problemas identificados.

Confira os medicamentos suspensos:

Medicamento Fabricante Importador para o Brasil Resolução de suspensão
Flumazenil 0,1 mg/mL, solução injetável Hameln Pharmaceuticals GMBH (Alemanha) Instituto Biochimico Indústria Farmacêutica Ltda RE 2.820/2017
BONAR (sulfato de bleomicina) pó liofilizado Lemery S.A. de C.V. (México) Biosintética Farmacêutica Ltda RE 2.826/2017
Tevableo (sulfato de bleomicina, pó liofilizado)

Tevaetopo(etoposídeo, solução injetável)

Tevairinot (cloridrato de irinotecano triidratado, solução injetável)

Tevavinor (tartarato de vinorelbina, solução injetável)

Lemery S.A. de C.V. (México) Teva Farmacêutica Ltda RE 2.823/2017

 

Leia também: [Retificação] Lotes de antisséptico são suspensos pela Anvisa

 

“Esta notícia é reprodução exata da informação do site da ANVISA (Agência nacional de Vigilância Sanitária: www.anvisa.org.br). Não nos responsabilizamos pelo conteúdo da notícia.”